MÃE ESCREVE MENSAGEM APÓS 1º ANIVERSÁRIO DO FILHO TRANS

Recentemente, Vanessah Silvaa, mãe do jovem Lucas Gabriel dividiu na internet sua experiência como mãe de um menino trans. Com mais de 11 mil compartilhamento, a mensagem parece ter chego ao coração de muitas mães e filhos que ainda convivem com o preconceito.

Confira:

“Primeiramente quero avisar que é textão. E é importante, de verdade, que vocês o leiam até o fim; mas o que vai importar no final é a reflexão que ele vai causar, espero. Vamos lá. Precisamos falar sobre o Lucas.
Isso mesmo. Lucas Gabriel, meu filho do meio, que praticamente todos conhecem há 12 anos. Ou pensam que conhecem. Afinal de contas, o que viram esse tempo todo foi uma garotinha marrenta e que adorava jogar videogame. E essa verdade era a que eu, covardemente, também tentava acreditar. Covardemente, pois sabia o quão complicada seria a vida do meu filho se o que eu via realmente acontecesse de fato. Desde que Letícia nasceu, eu percebi que ‘ela’ era diferente. Sabe o instinto de mãe? Pois é… Eu olhava aquela garotinha de bochechas rosadas no meu colo e não era ela que eu via! Isso é muito estranho pra mim até hoje, mas a pura verdade. Eu sabia, desde sempre, que a minha filha não era uma menininha!!! Então o que fiz? Mascarei isso o mais profundo que eu podia!!! Muitos lacinhos, babados, bonecas e afins! E, por alguns anos, eu também acreditei no meu próprio ‘mundinho mágico’ e achei que tudo era imaginação boba de mãe. Mas não era. Na verdade, eu apenas torturei minha ‘garotinha’ por anos a fio!!! Sim, torturei. Esse é o termo. Mesmo na inocência da infância, Letícia não entendia o porquê de não poder se vestir como ela queria. Então começam os rótulos que a sociedade impõe: minha ‘menina’ era o quê? Lésbica? Gay? Homossexual? Bissexual? Eu sabia que o buraco era mais embaixo… Eu sabia desde o princípio! Então, gradativamente, ‘ela’ começou a se libertar dos invólucros estéticos e começou a assumir seu verdadeiro eu; cortou os cabelos, passou a usar roupas de ‘menino’ e várias outras coisas… E sabem o que aconteceu desde então? Eu vi, pela primeira vez, a essência verdadeira do meu filho!!! Enxerguei com todas as cores aquela pessoinha brilhando, feliz, liberta e confiante!!! A verdade então, meus queridos, é que tenho um lindo e abençoado rapaz transgênero na minha vida!!! Muito amado por mim, por seu padrasto e seus irmãos. Querido e respeitado por todos que o cercam, por ser uma pessoa inteligente, bom caráter e com um coração enorme!!! E que eu tenho muito orgulho de ter sido escolhida por Deus para o gerar, criar e educar. Sei o quanto ele é especial e o quanto vai fazer diferença no mundo daqui para a frente…
Não vou me prender a explicações técnicas sobre a transgenia. Peço que leiam e se informem mais em sites idôneos, pois é uma questão clínica. E peço que divulguem esse texto, pois sei que muitos jovens sofrem imensamente com o descaso das famílias, e é importantíssimo saberem que não estão sozinhos no mundo. Sempre haverá alguém pra lhes apoiar e dar amor. Sempre. Agora, família e amigos, o pedido mais importante de todos: comecem a tratar o meu pequeno rapaz pelo o que ele é: um rapaz!!!
Então, oficialmente, seja bem vindo ao mundo meu príncipe lindo Lucas Gabriel da Silva!!!! Estarei contigo por essa e pela vida eterna…. Amo-te!!!! Amo-te e amo-te mais ainda!!!”

Siga o Alguém Avisa no seu Canal no YouTube e confira conteúdos especiais.