BIXAS PRETAS: DA REJEIÇÃO AO FETICHE NA CASA DE CULTURA EM MARÇO

Bixas Pretas: da rejeição ao fetiche é uma obra que aborda a problemática da objetificação das corporeidades negras LGBTQI+. Ao som de artistas negrxs como MC Carol, Baco Exu do Blues e Mc Lin da Quebrada, as coreografias criticam o estereótipo macho-ativo esperado nas relações homoafetivas. A Cultura Hip Hop, Ballroom Scene e Cena Drag, Danças Urbanas, Voguing, Stiletto, O Funk Carioca e a Dança Afro Brasileira, além de manequins extravagantes, globo espelhado e carrinho de supermercado que expõem os “produtos” compõem a atmosfera deste trabalho que visa mostrar que lutar por
equidade e respeito é um ato de resistência. 

Concebido e coreografado por Marco Chagas, a montagem tem como elenco Danielle Costa, Willian Freitas, Marco Chagas, Gabriel Ferreira e Mari Amaral, jovens artistas negrxs que se uniram através das situações de marginalização comuns aos indivíduos dos seus grupos sociais, com o propósito de apresentar um trabalho de cunho social e político.

SERVIÇO:
BIXAS PRETAS: DA REJEIÇÃO AO FETICHE
QUANDO: 27 e 28 de março
ONDE: Teatro Carlos Carvalho – Casa de Cultura Mario Quintana | 2º andar
HORÁRIO: 20h30
INGRESSOS: R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia (estudantes e idosos mediante
apresentação de documento)
Antecipados: Espaço N2 de segunda a sexta, a partir das 18h.

FICHA TÉCNICA
Concepção e coreografia: Marco Chagas
Elenco: Marco Chagas, Gabriel Ferreira e Mari Amaral.
Participação especial: Danielle Costa e Willian Freitas
Operação de Som: Ana Paula Reis
Operação de luz: Luka Ibarra
Cenógrafo: Flavio Moreira
Figurino: Elenco
Fotografia: Eduardo Thomazoni
Produção: Ana Paula Reis/ Bendita Cultura

Siga o Alguém Avisa nos perfis oficiais no Twitter, no Facebook e no Instagram.