ARTISTA DÉH DULLIUS LANÇA LIVRO SOB O PSEUDÔNIMO DE JESEBEL DES’REE

Em um futuro desértico, o que sobrou de um ser humano trabalha para manter seus sinais vitais operantes quando um lampejo de memória compromete todo o sistema. Iniciando suas experimentações estéticas nos idos de 2007 já se vão 10 anos como performer. De casas noturnas até a esquina democrática, Déh Dullius constrói seus personagens no atelier GZBL, casa mater do coletivo A Torre, onde realiza seu trabalho de pesquisa e produção de figurino para o teatro, audiovisual e extravagâncias particulares. Recentemente lançou O Mito, seu primeiro romance, em parceria com a Coisa Edições. Acredita que uma vida dedicada à arte permite que o ser político seja capaz de transgredir sem agredir em toda sua forma de expressão.

Sob o pseudonimo de Jesebel, uma conhecida “médium psicógrafa” da sociedade, O MITO quer provocar no leitor uma experiência inquietante sobre realidades alternativas, entre elas as diversas formas de existir e amar. Desvende os mistérios que ligam as histórias de um herdeiro de ferrovias com um descendente tribal da Somália, na França do século XIX. Recentemente, Déh também esteve na Fundação Iberê Camargo com a performance Carta Magna, onde o artista pode interagir diretamente com o público que se encontrava no espaço.

Os interessados pelo livro podem acessar a Loja Online da Coisa Edições, onde também podem encontrar outros produtos como Zines, Livros, Discos, Vídeos. Coisas que vêm de dentro, da criação, da cabeça. Coisas que merecem ser vistas. Que saíram do plano das ideias e viraram coisas reais.

Confira um teaser do livro:

 

Veja mais no site do Alguém Avisa e siga também as atualizações nos perfis oficiais no Twitter, no Facebook e no Instagram.