“EU AINDA PREFIRO UM SEXO COM BASTANTE TESÃO, DO QUE COM AMOR”

Quando o assunto é o prazer das mulheres, a gente ainda encontra muito tabu. Recentemente, a cantora Karol Conka lançou seu novo clipe intitulado Lalá. A música fala sobre duas questões. A mais óbvia fala sobre o fato de que os homens não sabem fazer sexo oral nas mulheres. A segunda é que grande parte desta falta de interesse dos homens pelo prazer do sexo feminino é simplesmente um reflexo de uma cultura machista. Na música Karol canta:

O clima deixa de ser quente, confundiu minha mente
Falam demais, quando chega na hora a ação não é equivalente
Nem vem, sou apenas mais uma com experiência e sabe quem tem
Vejo vários convencidos achando que no final mandou bem

Na verdade, no fundo mesmo, o cara nem se preocupa se ‘mandou bem’. A partir do momento em que você desconsidera o outro, e não leva em consideração o prazer da mulher, você automaticamente passa a ser um egoísta/egocêntro/falocêntrico, basicamente o que a maioria dos homens é, sem mesmo perceber. No vídeo abaixo, um dos entrevistados diz: ‘Eu sou machista, a sociedade me fez assim. O que eu faço todos os dias é me desconstruir para não ser’. E acho que esta é a premissa do debate do videoclipe e das entrevistas abaixo. No vídeo abaixo, por exemplo, a sociedade é o Ricardo e as mulheres representam a grande maioria que são. O que mostra que mesmo num contexto onde o homem não é pertencente ao assunto, ele acredita que a sua opinião ‘vale’ mais do que a das mulheres. Justamente por isso uma música como esta é tão urgente. Os comentários mais comuns do público médio que assiste ao vídeo são: “É muito vulgar”, “A letra fala só absurdos”, “mimimi”, “Deixa que eu mostro como faz”, etc. O que comprova que cada estrofe da música é a mais pura realidade.

Então lembrem, Mulher pode falar do que quiser, quando quiser, e nunca será ‘vulgar’, é só uma mulher falando sexo abertamente. A letra não fala nenhum absurdo, absurdo mesmo é o assunto sobre o qual a letra aborda: MACHISMO. “Mimimi” é reclamar de uma música que fala de algo tão MARAVILHOSO como o sexo oral. E gente, entendam que se vocês soubessem fazer MESMO, não tinha tanta mulher nesse vídeo comprovando que vocês não sabem é NADA.  E se você realmente ainda acha que tá tudo errado, que a música é um absurdo, e que não vai mudar de opinião, fica tranquilo, certamente a maioria das músicas no mercado vão concordar com você.

Ex:

Jason Derulo – Wiggle

Mexa o que sua mãe te deu, se descontrole. Quero tirar sua roupa, mergulhar, tomar banho com você. O que eles fazem. Experimente as gotas da minha chuva, isso, amor. Agora o que você fará, o que você quer, o que deve fazer. Completamente separado, até minha penetração profunda. Depois eu vou tirar e esfregar em você. Coma isso, ame isso, odeie isso. Exagerado, subestimado, todo lugar eu sou o rei.
Você me mexe para o D, O, duplo G, de novo?

Maroon 5 – Animals

Baby, serei seu predador essa noite.
Te caçarei, te comerei viva.

One Direction – Steal My Girl

Todos querem roubar minha garota. (p.s. nenhuma garota pertence a ninguém)
Todos querem levar seu amor.

Então pense bem, abra sua cabeça, dar prazer pode ser muito melhor do que receber. Se não, vê se pelo ao menos aprende o ‘Lalá’.

Veja mais no site do Alguém Avisa e siga também as atualizações nos perfis oficiais no Twitter, no Facebook e no Instagram.